Voleibol

21/09/2019

Atleta bronze no Mundial do Egito sonha com título de Olimpíada


 a

Lance da vitória de Palotina sobre Siqueira Campos neste sábado (imagem-Silmar-Ramos)

A cada ano muitos talentos desfilam pelos jogos oficiais do Estado e à medida que a idade limite se encerra para cada competição, esse celeiro vai se renovando. No voleibol, entre as várias atletas que estão disputando a fase final dos 32º Jogos da Juventude, em Londrina, uma, em especial, acaba de ajudar o Brasil a conquistar um resultado importante e se destaca com promessa para a modalidade iniciada neste sábado.

Natural de Maripá, mas integrante das equipes de Palotina, Ana Rudiger, conquistou recentemente com a seleção brasileira, a medalha de bronze no Campeonato Mundial Sub-18, na cidade do Cairo, no Egito. Aos 16 anos, a atleta que viveu sua primeira convocação para a seleção nacional disse que participação no Mundial foi muito importante para a sua carreira.

“Foi uma participação muito boa porque o Brasil vinha de dois resultados não muito bons nas últimas duas edições e conseguimos essa medalha. É gratificante colocar o meu país entre os melhores do mundo e isso mostra que nosso voleibol é muito bom”, disse a atleta que começou a treinar aos 11 anos de idade e também já possui quatro convocações para seleções estaduais.

Após os Jogos da Juventude, Ana deve trocar Palotina por um clube maior, o que segundo a atleta, deve impulsionar a sua carreira e quem sabe encurtar o caminho para conquistar o seu maior sonho que é conquistar um título olímpico.  Mas a atleta sabe que que terá que dar um passo por vez e arrisca dar receita para cumprir seu objetivo.

a

Ana (branco) deve deixar Palotina na próxima temporada (imagem-Silmar-Ramos)

“É preciso muito foco, disposição, força de vontade e acima de tudo saber lidar com as questões emocionais porque tem que ficar muito tempo longe da família”, disse.

Enquanto não viaja, Ana Rudiger quer viver o momento e pretende ajudar o seu município a conquistar um bom resultado nessa fase final dos Jogos em Londrina. Neste sábado, 21, a equipe estreou com vitória por 3 sets a 0 sobre Siqueira Campos com parciais de 25/16, 25/17 e 25/15. Neste domingo, volta a quadra para enfrentar Ponta Grossa, as 8h30, no ginásio do Grêmio Londrinense. As adversárias buscam a recuperação diante de Medianeira, as 13h30.  

CAMPANHA NO MUNDIAL

No Egito, a seleção brasileira venceu Porto Rico (25/12, 25/20 e 25/13), Camarões (25/14, 25/20 e 25/12) e Egito (26/24, 25/16 e 25/19) por sets a 0 e foi superado pela China (13/25, 15/25 e 23/25) também em sets diretos na primeira fase. Nas quartas de final, a seleção conquistou uma virada emocionante. Depois de estar perdendo por 2 sets a 0 (21/25-17/25) conseguiu vencer o terceiro e o quarto com um duplo 25/19 e o tie-break por 15/9 para chegar a semifinal contra o Estados Unidos, onde perdeu por 3 sets a 0 (18/25, 18/25 e 14/25). Na disputa do bronze, as brasileiras devolver a derrota para as chinesas desta vez por 3 sets a 1 (25/18, 25/18, 22/25 e 27/25), e garantiram a décima medalha para o país na história dos mundiais da categoria.

DONAS DA CASA VENCEM NA ESTREIA

a

Jogando clássico regional contra Rolândia, o voleibol feminino de Londrina também estrou com o pé direito nessa fase final de Jojups ao superar as adversárias por 3 sets a 0 nas parciais de 25/23, 25/21 e 25/15, atuando na quadra do Colégio Estadual Vicente Rijo.

Segundo o técnico Aldori Gaudêncio Júnior, a casa possui uma base mais nova que a idade dos Jogos, mas com a boa fase de preparação e também a participação no Estadual Sub-18, pode ser uma surpresa na competição.

“Temos um grupo bem treinado e em casa vamos buscar um resultado mesmo sabendo que teremos jogos difíceis pela frente”, afirmou treinador que possui na equipe a central Ana e a ponteira Julia, ambas com convocações para seleções estaduais.

Neste domingo, Londrina entra em quadra para enfrentar Ibiporã, as 15h30, no ginásio do Colégio Vicente Rijo. Rolândia tente a recuperação contra Curitiba, as 13h30, no mesmo local.

DEMAIS RESULTADOS

Nos demais resultados deste sábado pelo feminino, Ponta Grossa superou Medianeira por 3 sets a 2 (25/21-17/25-21/25-25/23-15/13) e Toledo superou Guarapuava por 3 sets a 1 (25/9-25/13-23/25-25/20). Pelo masculino, Araucária venceu Pinhais por 3 sets a 0 (25/19-25/22-25/20), Maringá venceu Ibiporã 3/0 (25/21-25/21-25/18), Nova Esperança venceu Curitiba no tie-break (20/25-25/23-25/22-27/29-15/11) e Medianeira venceu Foz do Iguaçu 3/0 (25/16-26/24-25/19).

A 32ª edição dos Jogos da Juventude do Paraná (JOJUPS), Divisão A, é uma realização do Governo do Estado, por meio da Superintendência do Esporte, com o apoio da cidade de Londrina.

Acompanhe também a fanpage dos JOJUPS: www.facebook.com/jogosdajuventudeparana

COM/JOJUPS

Silmar Ramos

release90@hotmail.com

|45| 99964-0789

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.