Futsal

30/09/2019

Telêmaco Borba é tricampeão do futsal feminino

Telêmaco Borba conquistou, neste domingo (29), o título do futsal feminino ao vencer Foz do Iguaçu por 7 a 1 na grande final da 32ª edição dos Jogos da Juventude do Paraná, divisão A, em Londrina. Com o feito, a equipe sagrou-se a maior campeã da década na modalidade com três títulos.

Time de Telêmaco Borba, campeão do futsal feminino (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Time de Telêmaco Borba, campeão do futsal feminino (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS) 

Diante do atual campeão da divisão B, Telêmaco Borba entrou em quadra com força máxima determinado a buscar o título que não vinha desde 2013. Do outro lado, Foz do Iguaçu com o time desfalcado, três atletas titulares ficaram de fora cumprindo suspensão, tentava surpreender o adversário. Assim que a bola rolou, as duas equipes se estudaram muito em quadra e poucas jogadas perigosas foram criadas. Com um domínio maior de jogo, Telêmaco Borba foi criando oportunidades de finalização, até que, faltando dois minutos para o fim do primeiro tempo, Maria Eduarda abriu o placar.

Na segunda etapa, as atletas de Telêmaco voltaram mais rápidas e determinadas. Em 14 minutos de jogo, o time marcou cinco vezes, com Sueleyn, Ana Carolina, Izabelly (2) e novamente com Maria Eduarda. Foz do Iguaçu buscou a reação e diminuiu com Nathalia aos 34. Mas, no minuto final, Izabelly marcou o seu terceiro na partida fechando a goleada. “Foi difícil, perdemos o primeiro jogo por 3 a 2. O time delas estava desfalcado, rodamos bastante a bola, conseguimos encaixar e fazer um placar extenso. Esse grupo é excelente”, falou Izabelly.

Decisão entre Telêmaco Borba e Foz do Iguaçu (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Decisão entre Telêmaco Borba e Foz do Iguaçu (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Após a conquista, o técnico Anderson Valério contou que a ansiedade prejudicou o desempenho da equipe no início da partida. “A competição tem duas situações. Você vir jogando jogos difíceis te condiciona mais a jogar uma final, por outro lado te desgasta mais. Nós não tivemos desgaste nos jogos anteriores, mas por outro lado a ansiedade estava maior. Fisicamente estávamos muito bem, descansados e elas vieram de um jogo difícil, mas a ansiedade atrapalhou um pouco no início. No decorrer do jogo isso foi passando, fomos equilibrando e depois as coisas aconteceram”, falou.

O comandante ainda reconheceu o alto nível da competição e acredita que a união foi fundamental para a conquista. “Sabemos da dificuldade que é ser campeão dos Jogos da Juventude, principalmente por ele ser sub-18 e ter equipes tradicionais disputando. Foz está de parabéns, pois apesar de todas as dificuldades que tiveram, com atleta lesionada e com atletas cumprindo suspensão, ainda conseguiram fazer uma grande final. Destacamos muito a união da equipe, o ambiente muito bom. A gente sabia que iriamos conseguir grandes coisas por isso”.

Técnico Anderson Valério recebeu a medalha de ouro das mãos da capitã Izabelly (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Técnico Anderson Valério recebeu a medalha de ouro das mãos da capitã Izabelly (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Para a sequência do ano, o grupo ainda tem alguns compromissos. “Este ano fizemos uma parceria para voltar a jogar o Paranaense sub-17, algumas atletas vou aproveitar nos Jogos Abertos, em outubro, algumas ainda jogam o Bom de Bola. A ideia é dar sequência”, finalizou Anderson.

Confira a classificação final

1º lugar: Telêmaco Borba
2º lugar: Foz do Iguaçu
3º lugar: Manoel Ribas

 Foz do Iguaçu, vice-campeão do futsal feminino (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Foz do Iguaçu, vice-campeão do futsal feminino (Foto: Thaise Oliveira/JOJUPS)

Confira todas as fotos da modalidade na página https://web.facebook.com/jogosdajuventudeparana/

A 32ª edição dos Jogos da Juventude do Paraná (JOJUPS), Divisão A, é uma realização do Governo do Estado, por meio da Superintendência do Esporte, com o apoio da cidade de Londrina.

COM/JOJUPS
Thaise Oliveira
thaiseoliveira@live.com

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.